Tradutores estrangeiros começam a chegar ao Brasil para programa de residência

Até agosto, quinze tradutores virão ao Brasil apoiados pela Fundação Biblioteca Nacional, programa visa aprimorar a tradução de obras brasileiras no exterior.

Desembarca no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (9) a primeira tradutora participante do programa de residência de tradutores estrangeiros no Brasil, da Fundação Biblioteca Nacional (FBN). A alemã Wanda Jakob está traduzindo o livro “A Guerra dos Bastardos”, de Ana Paula Maia, e ficará durante cinco semanas no Rio de Janeiro, pesquisando questões específicas da linguagem do livro.

Ela aproveitará a vinda ao Brasil para encontrar a autora e trocar experiências com outros tradutores que vão participar do programa, além de participar de eventos na Biblioteca Nacional e na Universidade Federal Fluminense (UFF). Ao todo, o projeto trará ao Brasil, entre janeiro e agosto de 2013, 15 tradutores de obras brasileiras para o exterior envolvendo seis idiomas: espanhol, francês, italiano, grego, alemão e inglês. Todas as obras já têm contrato de publicação com editoras estrangeiras.

Os profissionais devem ficar, no mínimo, cinco semanas no país e participar de uma programação especial elaborada pelas instituições parceiras da FBN nesse projeto: a UFF, de Niterói, a Universidade Federal de Santa Catarina, de Florianópolis, a Casa Guilherme de Almeida, de São Paulo, o Centro Cultural Érico Veríssimo, de Porto Alegre, e a Universidade Federal de Campina Grande. Cada tradutor vai visitar cidades brasileiras de acordo com o livro que está traduzindo, o que facilita o encontro com os autores, quando vivos, ou com personagens, família e outros elementos que permeiam o imaginário da obra, quando o autor é falecido.

“Este contato maior com a cultura brasileira é muito importante para compreender o universo do escritor e, consequentemente, para a qualidade da tradução, além de abrir portas para novas traduções”, ressaltou o presidente da FBN, Galeno Amorim. É a primeira vez que o governo brasileiro oferece um programa de residência para tradutores estrangeiros da língua portuguesa. Trata-se do início de um projeto para a formação de um Colégio de Tradutores, com o objetivo de estimular e aprimorar a tradução de obras brasileiras no exterior.

Anúncios

Uma resposta to “Tradutores estrangeiros começam a chegar ao Brasil para programa de residência”

  1. Daniel Bussi Says:

    Bonjour, je suis Daniel Bussi, français, établi au Brésil depuis douze ans. J’exerce la profession de professeur de français et je suis correcteur officiel en langue française sur le site américain de langues ”Livemocha”. Je suis également auteur compositeur et musicien. Mes connaissances du Brésil, de sa langue, de sa culture, et de son économie, sauront, je le crois vous intéresser. Je domine parfaitement le portugais, aussi bien à l’oral qu’à l’écrit et mon anglais est globalement courant. je souhaiterais vous offrir mes services en tant que correspondant permanent, soit dans le cadre de reportages sur le Brésil ou comme rédacteur d’articles free lance pour des entreprises du Brésil ou françaises.
    tél.: 43-33398707
    portable : 43-91037215

    http://professor-de-frances.londrina.org/
    tp://www.livemocha.com/profiles/view/6782412#!info
    https://www.facebook.com/daniel.bussi.3?ref=tn_tnmn&__req=9
    msn : danbusbluz@hotmail.com
    skype : zazoubluz33

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: