Bienal do Livro RJ 2013: Programação para editores, profissionais do livro e bibliotecários

Imagem

Nos dias 2 e 3 de setembro de 2013, a Bienal do Livro do Rio de Janeiro será palco do colóquio internacional “A biblioteca no clique de um mouse – a mediateca digital”, por ocasião do lançamento no Brasil da plataforma francesa de conteúdo digital para bibliotecas, a Culturethèque, e da plataforma alemã Onleihe.

Este colóquio, que se inscreve na continuidade de um programa bienal de colóquios franco-alemães desenvolvidos desde 2003, pelo Goethe-Institut em São Paulo e no Rio de Janeiro e pela Maison de France e com o apoio da Fundação Biblioteca Nacional (FBN/MinC), discutirá as questões que o modelo de biblioteca digital desperta, nos aspetos técnicos, legais e organizacionais, em relação à biblioteca física e sua função, bem como em relação à profissão do bibliotecário e suas evoluções.

Para compartilhar as experiências sobre biblioteca digital no Brasil, Angela Bettencourt, Coordenadora da Biblioteca Nacional Digital, e Vinícius Pontes Martins, Coordenador dos projetos da Rede da Memória Virtual Brasileira, ambos da FBN, participam da primeira palestra: “A Biblioteca Digital Brasileira e a Rede da Memória Virtual Brasileira: programas colaborativos da BN Digital”.

Um portal com centenas de jornais, revistas e diversas publicações de várias fases da história do País disponível para consulta gratuita por meio da internet: esta é a Hemeroteca Digital Brasileira, da Fundação Biblioteca Nacional. Com 10 milhões de páginas digitalizadas, a iniciativa combina o acervo bicentenário da FBN às modernas ferramentas de busca da rede.

No site, os internautas têm acesso a duas alternativas de pesquisa: uma cronológica e outra por palavra. “Isso contempla qualquer tipo de pesquisador, seja aquele que sabe o período, o título e o assunto que deseja pesquisar, como também o usuário comum que quer pesquisar um tema, muitas vezes de cunho pessoal – como dados ligados a uma pessoa de sua família”, explica Angela Bettencourt.

A busca por palavras é possível graças à tecnologia de Reconhecimento Óptico de Caracteres (OCR, em inglês). Além disso, verbetes contextualizando os periódicos mais importantes são outra novidade. O portal também permite a impressão em casa das páginas desejadas. O acervo da hemeroteca abrange a produção de mais de 600 publicações produzidas em 26 estados nas cinco regiões do país em dois séculos.

Estão lá exemplares do Correio Braziliense e da Gazeta do Rio de Janeiro, os primeiros jornais do Brasil – ambos lançados em 1808.

A abertura será realizada pelos Srs. Tarmo Dix, Sr. Brice Roquefeuil, do Consulado Geral da Alemanha e Consulado Geral da França no Rio de Janeiro, respectivamente, e pelo presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Renato Lessa.

Como palestrantes estrangeiros, já temos confirmadas as presenças de Frédéric Jagu, responsável pelas mediatecas do Institut français na França; Denis Bruckmann, diretor de coleções da Bibliothèque nationale de France; Jörg Meyer, sócio executivo do Grupo ekz e Arne Ackermann, diretor da Biblioteca Pública Municipal de Munique.

Serviço

Colóquio “O acesso à biblioteca no clique do mouse: a midiateca digital”

Local: Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Riocentro. Av. Salvador Allende, 6555. Barra da Tijuca.

Pavilhão 3 – Azul. Auditório Rachel de Queiroz.

Entrada Franca.

Palestras em português, francês e alemão, com tradução simultânea.

Emissão de certificados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: