FBN I Perfil – Nívea Vieira e as políticas públicas no Estado brasileiro

SAMSUNG CSC

Pesquisadora da Fundação Biblioteca Nacional em sistema de residência pelo Programa Nacional de Apoio a Pesquisa (PNAP-R), Nívea Vieira realiza um trabalho que versa sobre as disputas e negociações no interior da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), entre 1889 e 1916. A pesquisadora dedica-se na análise da relação entre a diretoria burocrática da ACRJ com o Jornal do Commercio e das frações não hegemônicas da Instituição com o jornal Correio da Manhã. O estudo tem como objetivo compreender a conformação de interesses no interior da Associação.

As pesquisas de Nívea sobre políticas públicas no Estado brasileiro teve início durante a Graduação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) – Faculdade de Formação de Professores. Em seu trabalho monográfico, ela analisou os jornais A Nação e O Paíz, em 1905, com o objetivo de compreender diferentes visões sobre a construção e inauguração da Avenida Central no Rio de Janeiro.

Em suas pesquisas para dissertação de Mestrado, realizado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Nívea estudou o Jornal da Sociedade União dos Proprietários do Rio de Janeiro de 1905, com foco nas estratégias da sociedade civil para construção de políticas pública para a então capital da República.

Durante o Doutorado na Universidade Federal Fluminense (UFF), a pesquisadora manteve sua preocupação de entender a relação entre a sociedade civil organizada, a sociedade política e a imprensa. Em sua tese sobre a participação da ACRJ, na definição de políticas públicas para o porto do Rio de Janeiro entre 1869-1934, investigou os jornais Diário do Rio de Janeiro, A Reforma, Correio da Manhã, A Noite, Jornal do Commercio e O Imparcial.

As pesquisas realizadas por Nívea no acervo da Biblioteca Nacional geraram artigos apresentados em Congressos Nacionais e publicados em Revistas Internacionais. Segundo a pesquisadora, a grande variedade de periódicos que compõem o acervo, somadas a outros documentos e a extensa bibliografia, possibilitam ao pesquisador o acesso aos olhares diversos sobre os acontecimentos, contribuindo para a reflexão e a reconstrução de importantes aspectos da história social e política do Brasil.

Para conhecer um pouco mais dos periódicos pesquisados por Nívea em seus trabalhos, acesse a Hemeroteca Digital Brasileira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: