FBN lamenta falecimento do escritor Hélio Pólvora

Helio Polvora

Morre em Salvador, na madrugada desta quinta-feira (26),   o escritor Hélio Pólvora.

Nascido em 1928,  Natural de Itabuna, Bahia, iniciou no jornalismo como colaborador e editor do semanário Voz de Itabuna, tornando-se correspondente em sua cidade de jornais de Salvador. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1953 onde residiu cerca de trinta anos e onde iniciou  sua carreira literária.

Seu primeiro  livro foi “Os Galos da Aurora” (1958, reeditado em 2002) e ao longo de sua vida escreveu outros 25 títulos de obras de ficção e crítica literária, além participar em dezenas de antologias.

Em 1990, voltou a residir em Salvador onde foi eleito para a Cadeira 29 da Academia de Letras da Bahia, passando a ocupar também a cadeira 13 da Academia de Letras do Brasil (sede em Brasília, DF). Pertence ainda à Academia de Letras de Ilhéus.

Livros Publicados

• Os Galos da Aurora, contos, Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 1958; Casa das Palavras, Salvador, 2002, 2ª. Edição revista.
• A Mulher na Janela, contos e crônicas, Editora A Estante, Rio de Janeiro,1962
• Estranhos e Assustados, contos, Editora Lidador, Rio de Janeiro, 1966
• A Força da Ficção, crítica literária, Editora Vozes, Petrópolis, 1970
• Noites Vivas, contos, Editora Expressão e Cultura, Rio de Janeiro, 1971
• Graciliano, Machado, Drummond & Outros, crítica literária, Livraria Francisco Alves, Editora, Rio de Janeiro, 1973
• 10 Contos Escolhidos, Editora Horizonte, Brasília, 1984.
• Massacre no Km 13, contos, Edições Antares, Rio de Janeiro, 1980
• O Menino do Cacau, novela, Edições Antares, Rio de Janeiro, 1975
• O Grito da Perdiz, contos, Difel – Difusão Européia do Livro, São Paulo, 1982
• Mar de Azov, Melhoramentos, São Paulo, 1986
• Xerazade, contos, José Olympio, Rio de Janeiro, 1992
• Um Pataxó em Chicago, BDA, Salvador, crônicas, 1994
• O Espaço Interior, Editora da Universidade Livre do Mar e da Mata, Ilhéus, crítica literária, 1998
• Crônicas da Capitania, Legnar, São Paulo, 2000
• A Guerra dos Foguetões Machos, Orabem Editora, Alenquer, Portugal, 2000
• O Rei dos Surubins, contos, Imago, Rio de Janeiro, 2000
• Itinerários do Conto. Interfaces críticas e teóricas da moderna short story, Editus– Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz, 2002.
• Memorial de Outono, crônicas. Bertrand Brasil, Rio de Janeiro, 2005.
• Contos da Noite Fechada. Editus – Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz, 2003.
• …de amor ainda se morre…, crônicas. Salvador: EPP Publicações, Salvador, 2008.
• Inúteis luas obscenas, romance. São Paulo: Casarão do Verbo, 2010.
• Don Solidon, romance. São Paulo: Casarão do Verbo, 2011.
• Contos e Novelas Reunidos. 2 vol., contos. Coleção Mestres da Literatura. Salvador: Academia de Letras da Bahia / Assembleia Legislativa da bahia, 2013

Fonte: Academia de Letras da Bahia.

https://academiadeletrasdabahia.wordpress.com/2007/04/28/helio-polvora/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: