FBN I Nota de falecimento – Mercedes Reis Pequeno (1921 – 2015)

 

Dona Mercedes

 

Dona Mercedes reuniu e trabalhou tecnicamente livros e partituras extraídos da coleção geral da Biblioteca Nacional e passou a atender usuários dessa coleção musical. Durante sua permanência à frente da Divisão de Música e Arquivo Sonoro, organizou 38 exposições, muitas delas com edição de catálogos, e transformou a Divisão em um dos mais importantes acervos musicais existentes na América Latina, relevante para a investigação histórica e musicológica.

Convidada pela União Pan-americana, atual OEA, exerceu, de 1947 a 1949, a função de assistente do musicólogo Charles Seeger, então diretor da divisão de música da entidade.

Ministrou cursos de organização de bibliotecas de música e participou de vários congressos da Associação Internacional de Bibliotecas, arquivos e centros de documentação de música (AIBM). Como vice-presidente desta associação, de 1965/74, colaborou em vários projetos da entidade, destacando-se o RISM (Répertoire International des Sources Musicales) e RILM (Répertoire International de Litterature Musicale). Foi membro correspondente do Boletin Interamericano de Música publicado pela OEA, Washington, D.C., de 1950/73.

Recebeu vários prêmios e distinções, como:

• Prêmio Paula Brito, em 1974;

• Prêmio Estácio de Sá, em 1977;

• Medalha Biblioteca Nacional, em 1990;

• Medalha Museu da Imagem e do Som-RJ, em 1990;

• Medalha da Societé d’encouragement au progrès-Paris, em 1993.

O sentimento dos servidores da FBN se traduz na declaração da Chefe da Divisão de Música e Arquivo Sonoro, Sra. Elizete Higino: Conheci dona Mercedes pesquisando na Seção de Música da FBN, quando ainda funcionava onde hoje é o auditório. Comecei a trabalhar com ela em 1984 quando a seção de Música passou a ser Divisão e se mudou para o Palácio Gustavo Capanema. Ela era uma profissional séria, conhecedora do seu ofício, amava o que fazia e, sempre foi muito respeitada. Nós, funcionários que tivemos a grata satisfação de aprender com ela muito de acervo musical, só temos que expressar nossa eterna gratidão.

Mercedes era membro da Academia Brasileira de Música desde 1994, na qual coordenou e implementou o projeto Bibliografia Musical Brasileira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: