FBN | Exposição – Doutor Ulysses: Senhor Brasil

abertura
A Fundação Biblioteca Nacional abre, na próxima terça-feira, 6 de dezembro, a exposição “Doutor Ulysses, Senhor Brasil”, em homenagem aos seus 100 anos de nascimento de um dos políticos mais importantes e carismáticos do Brasil. Para a Biblioteca Nacional, é mais uma oportunidade de mostrar ao público a maravilha de seu acervo. As peças expostas contam a história de um largo período da vida política do Brasil em fotos, charges, artigos de jornais e revistas e vídeos, todos do acervo da Biblioteca Nacional – os vídeos foram cedidos pela TV Câmara. A exposição tem a curadoria da equipe de pesquisadores da Biblioteca Nacional, sob a coordenação de Bruno Brasil, e a produção de Suzane Queiroz.

A exposição mostra a trajetória do saudoso “Senhor Constituição” em cinco módulos e ocupará dois andares. O hall central, no térreo, abrigará, através de imagens debruçadas sobre os alambrados, as multidões que foram às ruas lutar pelas Diretas Já.

O primeiro módulo trata dos primeiros mandatos de Ulysses como deputado, ascendendo à presidência da Câmara em 1956, apenas seis anos após sua primeira eleição, e culmina na sua atuação pós  1964. Logo em seguida, no segundo módulo, aparece o “Senhor Diretas”: a sua luta  pelas eleições diretas para a Presidência da República e a articulação política tanto para a eleição de Tancredo Neves e os esforços empreendidos para a sustentação do governo de José Sarney.

O terceiro módulo, de maior destaque, narra o Ulysses Guimarães constituinte: presidindo a assembleia que resultou na Constituição Cidadã de 1988, o deputado deu mostras de um rigor democrático ímpar na condução dos trabalhos – aliando interesses e anseios os mais díspares. Tudo num momento em que atendia pelo apelido de “tetra presidente”, cultivado quando Ulysses assumia ao mesmo tempo as presidências do PMDB, da Câmara e da Assembleia Nacional Constituinte, além da vice-presidência da República.

O módulo quatro da exposição relembra a dura campanha do deputado para presidente, em 1989, refletindo que, embora Ulysses tivesse passado por um momento difícil, “renasceu” em seguida: no quinto e último módulo, o “Senhor Constituição” converte-se em “Senhor Impeachment”, granjeando apoio de diversos setores em torno da causa parlamentarista, esforço que, visando frear os excessos presidenciais, conseguiu tanto derrubar o governo Collor quanto marcar um plebiscito sobre a forma de governo do Brasil em 1993.
Doutor Ulysses, Senhor Brasil
Abertura: 6 de dezembro
Exposição: 7 de dezembro a 6 de fevereiro
Horário: 2ª a 6ª das 10h às 17h
Sábados das 10.30h às 14.30h
Fundação Biblioteca Nacional
Av. Rio Branco, 219

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: