FBN | 22 de agosto, Dia Nacional do Folclore

O Dia Nacional do Folclore foi criado em 1965, através do Decreto Federal nº 56.747. Segundo a Carta do Folclore Brasileiro, aprovada pelo I Congresso Brasileiro de Folclore, em 1951, “constituem fato folclórico as maneiras de pensar, sentir e agir de um povo, preservadas pela tradição popular, ou pela imitação”. Nesse sentido, podem ser considerados como elementos folclóricos todos os mitos, lendas, contos populares, brincadeiras, provérbios, adivinhações, festas, encenações, músicas e demais manifestações culturais próprias de cada povo.

Em homenagem ao Dia Nacional do Folclore, a Fundação Biblioteca Nacional selecionou um texto e uma fotografia contida no “Catálogo da Exposição Dia Internacional do Folclore e Mello Moraes Filho (1969)”, disponível no Acervo de Obras Raras da BNDigital, sobre um dos personagens mais conhecidos das histórias populares do Brasil, o Bumba-meu-boi.

bumba meu boi

“BUMBA-MEU-BOI, de Zé Caboclo (Caruaru-Pernambuco)

A mais complexa forma de representação popular brasileira, com múltiplas variantes, registradas em quase todos os Estados, o bumba-meu-boi é o folguedo nacional de maior significação em quase todos os Estados, o bumba-meu-boi é o folguedo nacional de maior significação estética e social. Seu entrecho é todavia muito simples. Conta a história da morte do boi de estimação da fazenda e sua ressurreição, após várias peripécias, entre a alegria que estabelece o congraçamento geral. Dessa concepção, partem as variantes. Em certos lugares, por exemplo, em vez da morte e ressurreição, o boi é perdido ou roubado e depois reencontrado.

O folguedo é exibido normalmente dos meados de novembro à noite de Reis, 6 de janeiro, pertencendo, portanto, ao ciclo do Natal. Mas, em alguns Estados, especialmente os do extremo norte do país (do Piauí ao Amazonas), representa-se em junho, por ocasião das festas de São João.

A representação é feita geralmente em campo aberto. Os figurantes são numerosíssimos e de caráter satírico.

Zé Caboclo, ceramista de Caruaru, Estado de Pernambuco, fixa, neste conjunto, o “bumba-meu-boi” de sua região.”

Acesse o catálogo na íntegra através do endereço: http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_obrasraras/or1292556/or1292556.pdf

Pesquise mais sobre o Folclore Brasileiro em nosso Acervo Digital: http://bndigital.bn.gov.br/acervodigital

#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional #DiaNacionalDoFolclore #DiaDoFolcloreBrasileiro #folclore #folclorebrasileiro

Tags: , , , , , , ,

Uma resposta to “FBN | 22 de agosto, Dia Nacional do Folclore”

  1. Lanchinho da Meia-Noite Says:

    Republicou isso em Lanchinho da Meia-Noite.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: