FBN | A Voz do Amor – soneto de Olavo Bilac.

A Série Documentos Literários, contribuição da Divisão de Manuscritos, publica hoje o poema “A Voz do Amor”, de Olavo Bilac.

Nascido a 16 de dezembro de 1865 no Rio de Janeiro, Bilac foi um dos maiores representantes do parnasianismo brasileiro. Escreveu crônicas, textos voltados para o público infantojuvenil e textos de teor cívico e nacionalista, sendo inclusive o autor da letra do Hino à Bandeira (Salve, lindo pendão da esperança). No entanto, foi sua obra poética – iniciada  em 1884 com o soneto “Sesta de Nero”, publicado na Gazeta de Notícias e depois em livro — que o tornou mais conhecido no meio literário e conquistou, pouco a pouco, um número maior de leitores.

Em 1907, Bilac, que com Alberto de Oliveira e Raimundo Correia constituía a “Tríade Parnasiana”, foi eleito “Príncipe dos Poetas” pela revista “Fon-Fon”. Também foi um dos membros fundadores da Academia Brasileira de Letras. Faleceu a 28 e dezembro de 1918, no Rio de Janeiro.

Embora investidos do rigor parnasiano, os versos de Bilac são sensíveis, sensoriais, e muitas vezes se aproximam do lirismo dos poetas românticos. No soneto aqui apresentado, o erotismo e a embriaguez da paixão são descritos com imagens vivas – mas, ainda assim, “A Voz do Amor” segue as regras mais clássicas do parnasianismo, que exige métrica precisa.

olavo

O soneto autografado por Olavo Bilac integra a Divisão de Manuscritos e pode ser acessado na BN Digital através do link http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_manuscritos/mss_I_07_10_054A/mss_I_07_10_054A.pdf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: