Posts Tagged ‘6 de setembro’

FBN | A Revolta da Armada – 6 de setembro de 1893

setembro 6, 2017

armada.jpg

“Grave notícia se espalhou desde manhã cedo pela cidade: uma parte da força armada da nação se sublevara, e havia uma greve assustadora na estrada de ferro Central.

Nem tudo isso era verdade. Os sucessos ocorridos na estrada não tinham a gravidade que se anunciava; mas era certo que a esquadra se achava em atitude francamente hostil ao governo”.

Assim, a Gazeta de Notícias, de 7 de setembro de 1893, iniciava a matéria sobre a Revolta da Armada, rebelião da última década do século XIX, que evidenciou algumas das cisões da então incipiente República brasileira.

Veja a galeria de fotos completa: http://brasilianafotografica.bn.br/?p=2375

#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional

Anúncios

FBN | 6 de setembro de 1918: morre Inglês de Sousa

setembro 6, 2017

Herculano Marcos Inglês de Sousa, advogado, professor, jornalista, contista e romancista, nasceu em Óbidos, PA, em 28 de dezembro de 1853, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 6 de setembro de 1918. Compareceu às sessões preparatórias da criação da Academia Brasileira de Letras, onde fundou a cadeira nº 28, que tem como patrono Manuel Antônio de Almeida. Na sessão de 28 de janeiro de 1897 foi nomeado tesoureiro da recém-criada Academia de Letras.

ingles de sousa

Potyguár. Inglês de Sousa. [Manuscrito]

Diplomou-se em Direito pela Faculdade de São Paulo, em 1876. Nesse ano publicou dois romances, O cacaulista e História de um pescador, aos quais seguiram-se mais dois, todos publicados sob o pseudônimo Luís Dolzani. Com Antônio Carlos Ribeiro de Andrade e Silva publicou, em 1877, a Revista Nacional, de ciências, artes e letras. Foi presidente das províncias de Sergipe e Espírito Santo. Fixou-se no Rio de Janeiro, como advogado, banqueiro, jornalista e professor de Direito Comercial e Marítimo na Faculdade Livre de Ciências Jurídicas e Sociais. Foi presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros.

ingles de sousa 2

Potyguár. Inglês de Sousa. [Manuscrito]

Foi o introdutor do Naturalismo no Brasil, mas seus primeiros romances não tiveram repercussão. Escreveu diversas obras jurídicas e colaborou na imprensa de São Paulo e do Rio de Janeiro. (Fonte: ABL)

Em sua homenagem, a Biblioteca Nacional divulga a disponibilidade do manuscrito intitulado “Potyguár”. O documento encontra-se no assunto “Crônicas brasileiras” e você pode acessá-lo através do endereço: http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_manuscritos/mss_I_07_19_018/mss_I_07_19_018.pdf

#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional

FBN | A Revolta da Armada – 6 de setembro de 1893

setembro 6, 2016

armada

“Grave notícia se espalhou desde manhã cedo pela cidade: uma parte da força armada da nação se sublevara, e havia uma greve assustadora na estrada de ferro Central.

Nem tudo isso era verdade. Os sucessos ocorridos na estrada não tinham a gravidade que se anunciava; mas era certo que a esquadra se achava em atitude francamente hostil ao governo”.

Assim, a Gazeta de Notícias, de 7 de setembro de 1893, iniciava a matéria sobre a Revolta da Armada, rebelião da última década do século XIX, que evidenciou algumas das cisões da então incipiente República brasileira.

Veja a galeria de fotos completa: http://brasilianafotografica.bn.br/?p=2375

#FBNnamidia
#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional

Brasiliana Fotográfica – A Revolta da Armada – 6 de setembro de 1893

setembro 6, 2015

Juan Gutierrez. Trincheira da Praia de Sta. Lusia [Iconográfico] : [trincheira], 1893-1895. Rio de Janeiro, RJ / Acervo FBN

Juan Gutierrez. Trincheira da Praia de Sta. Lusia [Iconográfico] : [trincheira], 1893-1895. Rio de Janeiro, RJ / Acervo FBN

“Grave notícia se espalhou desde manhã cedo pela cidade: uma parte da força armada da nação se sublevara, e havia uma greve assustadora na estrada de ferro Central.

Nem tudo isso era verdade. Os sucessos ocorridos na estrada não tinham a gravidade que se anunciava; mas era certo que a esquadra se achava em atitude francamente hostil ao governo”.

Assim a Gazeta de Notícias, de 7 de setembro de 1893, iniciava a matéria sobre a Revolta da Armada, rebelião da última década do século XIX, que evidenciou algumas das cisões da então incipiente República brasileira.

A Brasiliana Fotográfica traz para seus leitores registros fotográficos desse acontecimento do importante fotógrafo Marc Ferrez (1843-1923), que foi fotógrafo da Marinha brasileira, e do espanhol Juan Gutierrez (?-1897), que chegou ao Brasil, provavelmente, na década de 1880, e foi um dos últimos profissionais que recebeu o título de Photographo da Caza Imperial, em 1889. #FBNnamidia

Veja a galeria de fotos completa: http://brasilianafotografica.bn.br/?p=2375

#FBNnamidia
#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional