Posts Tagged ‘Carnaval’

FBN | 5 de março de 1927: o carnaval das crianças

março 5, 2017

carnaval1

Para encerrar a série de postagens sobre o Carnaval, a FBN reproduz algumas imagens de fantasias infantis utilizadas há exatos 90 anos.

 

carnaval2

 

Os registros foram originalmente publicados na revista Para Todos e são referentes ao “Baile Infantil no São Pedro”. Para acessar a edição, visite  http://memoria.bn.br/DocReader/124451/20138

 

carnaval6carnaval5carnaval4carnaval3

 

#FBN #BN #BibliotecaNacional #ParaTodos #Carnaval #HemerotecaDigital

Anúncios

É CARNAVAL NA BIBLIOTECA NACIONAL

março 7, 2014

Imagem

O carnaval surge na Idade Média, com influências de festejos greco-latinos, desde sempre conhecido pelo excesso, o que faz lhe confere o caráter dionisíaco em todos os sentidos, do espetáculo que rodeia o carnaval brasileiro como o vemos, à abundância, êxtase, reunião e mascarados.

No Brasil, o carnaval surgiu na década de 1920, através da reunião das escolas de samba em blocos, mas o primeiro desfile só aconteceria mais de dez anos depois, em 1932, na Praça Onze, com apoio do Jornal Mundo Sportivo.

 No ano seguinte, O Globo é quem oferece apoio aos sambistas que recebem verba da prefeitura. Surge o primeiro samba-enredo. Em 1934 é criada a União Das Escolas de Samba (UES) e em 1935, a Portela – juntamente com a Mangueira e a Deixa Falar – uma das escolas percussoras do carnaval do Rio de Janeiro é a vencedora do já conhecido concurso da Praça Onze.

Imagem

Imagens: Hemeroteca Digital, BN Digital

Oh! Abre alas!

fevereiro 17, 2012

Um pouco do acervo sobre Carnaval na Biblioteca Nacional

1878. Encontramos esta imagem na Divisão de Iconografia da BN. Parece que o Carnaval já é uma loucura há bastante tempo! A figura mostra trecho de um suplemento da revista O Besouro, de 1878. A charge, publicada no dia 9 de março daquele ano, ilustra a confusão da festa, nas ruas do Rio de Janeiro: brigas, blocos, músicos e cavalaria são retratados, com os dizeres “Envolve o Carnaval o fumo dum ruim charuto. E deste rolo de fumo sai um rolo de pau. Com saudades do Entrudo”.

Alguns clubes, que hoje chamaríamos de blocos, são retratados: Fenianos, Democraticos e Tenentes do Diabo. A litografia é assinada pelo célebre desenhista italiano, Angelo Agostini, e integra a coleção da Biblioteca Nacional.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Chiquinha Gonzaga. A Biblioteca Nacional Digital possui partituras digitalizadas da autora da clássica Oh! Abre alas! e ainda traz trechos de composições da artista. Confira aqui!