Posts Tagged ‘João Pessoa’

FBN | 24 de janeiro de 1878, nasce João Pessoa

janeiro 24, 2017

jp2

Nascido na cidade de Umbuzeiro,  em 24 de janeiro de 1878, João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque foi um advogado, professor e político brasileiro. Sobrinho do ex-presidente da República, Epitácio Pessoa, foi indicado pela Aliança Liberal, em 1929, como candidato à Vice–Presidência da República, em oposição ao Governo Federal, na chapa encabeçada por Getúlio Vargas e articulada pelos estados de Minas Gerais e Rio Grande do Sul. João Pessoa governou a Paraíba de 22 outubro 1928 a 26 de julho de 1930, dia da sua morte, sendo este episódio, até hoje, considerado como um dos fatores que desencadearam a Revolução de 1930. (fonte: http://basilio.fundaj.gov.br/ e http://paraiba.pb.gov.br/).

jp

Em homenagem ao nascimento de João Pessoa, a Fundação Biblioteca Nacional disponibiliza a edição de 7 de setembro de 1930 do Diario Carioca, que comunica a alteração do nome da capital paraibana para “João Pessoa”: http://memoria.bn.br/DocReader/093092_02/2621

FBNnamidia
#fundacaobibliotecanacional
#bibliotecanacional #história #JoaoPessoa
#1930 #EraVargas

Anúncios

FBN | 26 de julho de 1930, morre João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque

julho 26, 2016
"A Razão" . Fortaleza, 27 de julho de 1930.

“A Razão” . Fortaleza, 27 de julho de 1930.

Nascido na cidade de Umbuzeiro,  em 24 de janeiro de 1878, João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque foi um advogado, professor e político brasileiro. Sobrinho do ex-presidente da República, Epitácio Pessoa, foi indicado pela Aliança Liberal, em 1929, como candidato à Vice–Presidência da República, em oposição ao Governo Federal, na chapa encabeçada por Getúlio Vargas e articulada pelos estados de Minas Gerais e Rio Grande do Sul. João Pessoa governou a Paraíba de 22 outubro 1928 a 26 de julho de 1930, dia da sua morte, sendo este episódio, até hoje, considerado como um dos fatores que desencadearam a Revolução de 1930. (fonte: http://basilio.fundaj.gov.br/ e http://paraiba.pb.gov.br/).

O jornal cearense “A Razão”, em sua edição do dia 27 de julho de 1930, traz, em sua primeira página, a seguinte manchete:

“Consummou-se o maior crime politico da historia republicana

O presidente João Pessôa foi covadermente assassinado”

Para ler a reportagem completa, acesse: http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=764450&PagFis=3099. Outras informações sobre a vida e o legado de João Pessoa, como também sobre o Brasil de sua época, podem ser encontradas em nossa Hemeroteca Digital, através do link http://bndigital.bn.br/hemeroteca-digital/

‪#‎FBNnamidia‬
‪#‎bibliotecanacional‬
‪#‎fundacaobibliotecanacional‬