Posts Tagged ‘Oswald de Andrade’

FBN | 22 de outubro de 1954 – morre Oswald de Andrade

outubro 22, 2017
Oswald de Andrade. Revista "Para Todos" Março - 1924.

Oswald de Andrade.
Revista “Para Todos”
Março – 1924.

Oswald de Andrade foi um dos foi um dos fundadores do movimento modernista brasileiro, iniciado oficialmente na Semana de Arte Moderna, em 1922. Entre suas obras mais conhecidas, estão o “Manifesto Antropófago”, publicado na Revista Antropofagia, e o “Manifesto da Poesia Pau-Brasil”, publicado em 1924 no “Correio da Manhã”.

Correio da Manhã 08/01/1950

Correio da Manhã
08/01/1950

Em homenagem ao escritor brasileiro, a Biblioteca Nacional divulga uma série de poemas publicados pelo jornal Correio da Manhã na década de 50.

Correio da Manhã 15/01/1950

Correio da Manhã
15/01/1950

 

Correio da Manhã 12/02/1950

Correio da Manhã
12/02/1950


Para acessar o jornal, clique em: http://memoria.bn.br/docreader/DocReader.aspx?bib=089842_06&pagfis=175

Outras edições do Correio da Manhã podem ser acessados na Hemeroteca Digital, em: http://bndigital.bn.br/hemeroteca-digital/

#FBNnamidia
#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional

Anúncios

Convite para Tarsila

fevereiro 16, 2012

O dia 21 de abril de 1927 seria de festa para a turma da Semana de Arte Moderna de 1922. Paulo Prado, mecenas de artistas que se apresentaram no evento daria um jantar aos modernistas naquela noite. Abaixo, uma peça que pertence à Divisão de Iconografia da Biblioteca Nacional. A fac-símile do convite personalizado para Tarsila do Amaral:

No programa da noite, a apresentação de um conto por Oswald de Andrade, “traficante de pau brasil”, músicas e performances dos célebres modernistas brasileiros…

247 números da revista O Pirralho para download

fevereiro 16, 2012

Biblioteca Nacional tem periódico de Oswald de Andrade em formato digital

Em 1911, com ajuda financeira da mãe, o modernista Oswald de Andrade fundou a a revista O Pirralho. O polêmico semanário, publicado aos sábados, discutia política e costumes da época e tinha seções dedicadas a cinema, teatro, esportes. A vida artística da sociedade paulistana passava pelas páginas irreverentes do periódico. Di Cavalcanti, Votolino e Ferrignac assinavam as ilustrações.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Pirralho circulou por sete anos, discutindo da vida social paulistana à política nacional. A Biblioteca Nacional Digital possui edições de 247 números da revista. As capas têm ilustrações belíssimas e ótimas sátiras sociais, textos teatrais, artigos. Sem contar na linguagem gráfica arrojada e os anúncios da época – uma atração à parte.

Faça download das edições aqui!

O Blog da BN segue com homenagem aos modernistas nas próximas postagens. Imperdível!