Posts Tagged ‘Santos Dumont’

Documentos Literários: Homenagem ao Pai da Aviação

julho 20, 2018

A Série Documentos Literários, colaboração da Divisão de Manuscritos, homenageia Santos Dumont no seu aniversário.

Alberto Santos Dumont (Palmira, atual Santos Dumont – MG, 20 de julho de 1873 – Guarujá, SP, 23 de julho de 1932) foi aeronauta e inventor. Apaixonado por tudo que fosse mecânico, desde pequeno fez experiências com balões, locomotivas e outros engenhos. A leitura das obras de Júlio Verne em muito contribuiu para seu desejo de criar uma máquina capaz de se deslocar pelo ar, e com Camille Flammarion ele estudou a história da navegação aérea, acabando por se decidir pela França como base para seus estudos, práticas e invenções.

 

Em 1900, Santos-Dumont já havia criado vários balões e dirigíveis e feito dezenas de voos experimentais, nem sempre bem sucedidos. Mas mesmo seus fracassos o levavam a ir mais além. Em 1901, com o balão conhecido como N.6, ele venceu o Prêmio Deutsch, que lhe valeu reconhecimento e fama em âmbito internacional.

O 14-Bis, construído após uma série de tentativas e erros, foi – segundo os pesquisadores do Instituto Histórico da Aeronáutica – o primeiro avião mais pesado que o ar a conseguir decolar por seus próprios meios. Com ele, Santos Dumont voou a três metros do solo, percorrendo mais de 60 m em apenas seis segundos, no dia 23 de outubro de 1906. No dia 12 de novembro, tendo introduzido melhorias e consertado avarias na máquina, voou 220 metros, na mesma localidade parisiense de Bagatelle, e venceu o Prêmio do Aeroclube da França.

Com a saúde em rápido declínio, o inventor, ainda assim, se dedicou a algumas experiências. Residindo na França, fez observações astronômicas — o uso de telescópio lhe valeu uma acusação de espionagem por parte dos vizinhos –, inventou um motor portátil para esquiadores e projetou uma casa em Petrópolis, hoje Museu Casa de Santos Dumont. Sua convicção inicial de que os aviões poderiam servir a fins militares foi rapidamente abalada ao vê-los, efetivamente, transformados em arma de guerra. Segundo alguns pesquisadores, seu suicídio se deveu, ou pelo menos foi apressado pela angústia de ver que seu invento seria utilizado na Revolução de 1932.

Em 1956, o Brasil comemorou o cinquentenário do primeiro voo com um “Ano Santos Dumont”. A Biblioteca Nacional fez uma exposição reunindo seu acervo documental e iconográfico, acrescido de obras emprestadas por colecionadores, da qual publicou um catálogo. O exemplar pertencente à Divisão de Iconografia foi digitalizado e se encontra disponível na BN Digital através do link

http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_iconografia/icon1282516.pdf

Anúncios

FBN| 22 de setembro de 1959 – Santos Dumont é condecorado como Marechal-do-Ar

setembro 22, 2017

santos-dumont

Santos Dumont [Livro]: cinquentenário do primeiro vôo do mais pesado que o ar. 1956. [Acervo Iconográfico]

Em 22 de setembro de 1959, o Presidente Juscelino Kubitschek, por meio da lei nº 3.636, concede ao Tenente-Brigadeiro-do-Ar Alberto Santos Dumont o posto honorífico de Marechal-do-Ar.

“Lei nº 3.636, de 22 de Setembro de 1959

Concede ao Tenente-Brigadeiro-do-Ar Alberto Santos Dumont o posto honorífico de Marechal-do-Ar.

O Presidente da República,
Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º É concedido ao Tenente-Brigadeiro-do-Ar Alberto Santos Dumont o pôsto honorifico de Marechal-do-Ar.

Parágrafo único. No Almanaque do Ministério da Aeronáutica, para o efeito desta lei, será, feita, em caráter permanente, a devida alteração.

Art. 2º Esta lei entrará, em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Rio de Janeiro, 22 de setembro de 1959; 138º da Independência e 71º da República.

JUSCELINO KUBITSCHEK
Francisco de Mello. ”

Conheça um pouco mais sobre Santos Dumont acessando: http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_iconografia/icon1282516.pdf

#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional

FBN | 22 de setembro de 1959 – Santos Dumont é condecorado como Marechal-do-Ar.

setembro 22, 2016

santos dumont

Em 22 de setembro de 1959, o Presidente Juscelino Kubitschek, por meio da lei nº 3.636, concede ao Tenente-Brigadeiro-do-Ar Alberto Santos Dumont o posto honorífico de Marechal-do-Ar.

“Lei nº 3.636, de 22 de Setembro de 1959

Concede ao Tenente-Brigadeiro-do-Ar Alberto Santos Dumont o posto honorífico de Marechal-do-Ar.

O Presidente da República,
Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º É concedido ao Tenente-Brigadeiro-do-Ar Alberto Santos Dumont o pôsto honorifico de Marechal-do-Ar.

Parágrafo único. No Almanaque do Ministério da Aeronáutica, para o efeito desta lei, será, feita, em caráter permanente, a devida alteração.

Art. 2º Esta lei entrará, em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Rio de Janeiro, 22 de setembro de 1959; 138º da Independência e 71º da República.

JUSCELINO KUBITSCHEK
Francisco de Mello. ”

Conheça um pouco mais sobre Santos Dumont acessando.

http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_iconografia/icon1282516.pdf

#FBNnamidia
#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional

FBN | Série Santos Dumont – O Pássaro Moderno

julho 23, 2016

Para encerrar a Série Santos Dumont, a Biblioteca Nacional apresenta a caricatura “Modern-oiseaux” (pássaro moderno), da autoria de Giris, desenhista parisiense.

Modern-oiseaux Autor: Giris Acervo Biblioteca Nacional

Modern-oiseaux
Autor: Giris
Acervo Biblioteca Nacional

 

A Divisão de Iconografia da Biblioteca Nacional disponibiliza, para consulta, diversas imagens, gravuras e retratos relacionados à vida e à época de Santos Dumont. Para conhecer melhor a Divisão de Iconografia acesse: https://www.bn.br/explore/acervos/iconografia

‪#‎FBNnamidia‬
‪#‎bibliotecanacional‬
‪#‎fundacaobibliotecanacional‬

FBN | 23 de julho de 1932, morre Santos Dumont

julho 23, 2016

morte santos dumont

 

Em sua Edição Extraordinária do dia 25 de julho de 1932, o jornal “A Noite” publicou em sua primeira página:

“Falleceu, em Santos, o glorioso inventor patricio Alberto Santos Dumont

O governo paulista tributou ao “Pae da Aviação” honras de chefe de Estado

Um radio captado nesta capital, pela madrugada de hontem, e endereçado As Sras. Adalgisa Uchôa Dumont e Amalia Ferreira Dumont, residentes na rua das Laranjeiras, e cunhadas de Santos Dumont, dava-nos a triste noticia do fallecimento do glorioso inventor brasileiro, occorrido em Santos. Embora, até então, não houvesse chegado qualquer outra informação, confirmando a morte de Santos Dumont, tudo levava a crer, infelizmente, que o facto era verdadeiro, por isso que, naquella mensagem irradiada de Santos, os parentes do sabio brasileiro eram selentificados de que o governo de São Paulo tinha deliberado fazer o seu enterro e conceder-lhe honras de chefe de Estado…”

Para ler a reportagem na íntegra, acesse: http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=348970_03&PagFis=9161

‪#‎FBNnamidia‬
‪#‎bibliotecanacional‬
‪#‎fundacaobibliotecanacional‬

FBN | Série Santos Dumont – O Homem do Dia

julho 22, 2016

Em continuação à série de publicações sobre o aeronauta e inventor brasileiro, a Fundação Biblioteca Nacional apresenta uma caricatura publicada no 52° n. da revista O Malho, do dia 12 de setembro de 1903.

 

O Homem do Dia. Revista "O Malho", n. 52. 12 de setembro de 1903. Autor: Kallisto.

O Homem do Dia.
Revista “O Malho”, n. 52. 12 de setembro de 1903.
Autor: Kallisto.

 

A Divisão de Iconografia da Biblioteca Nacional disponibiliza, para consulta, diversas imagens, gravuras e retratos relacionados à vida e à época de Santos Dumont. Para conhecer melhor a Divisão de Iconografia acesse: https://www.bn.br/explore/acervos/iconografia

‪#‎FBNnamidia‬
‪#‎bibliotecanacional‬
‪#‎fundacaobibliotecanacional‬

 

FBN | Série Santos Dumont – A chegada de Santos Dumont ao Rio

julho 22, 2016

 

Santos Dumont a bordo do Atlantique. Revista da Semana, N. 174. 13 de setembro de 1903.

Santos Dumont a bordo do Atlantique.
Revista da Semana, n° 174, 13 de setembro de 1903.

 

A edição n° 174 da Revista da Semana, datada de 13 de setembro de 1903, traz uma reportagem sobre a chegada de Santos Dumont ao Rio de Janeiro. De acordo com a publicação, “de caracter genuinamente popular, a manifestação grandiosa que foi feita a Santos Dumont, foi para elle uma verdadeira apotheose de gloria”. O texto traz, ainda, detalhes sobre a viagem do inventor e sua recepção na sociedade carioca da época.

Para ler  a matéria na íntegra, acesse: http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=025909_01&PagFis=2007

#‎FBNnamidia‬
‪#‎bibliotecanacional‬
‪#‎fundacaobibliotecanacional‬

FBN | Série Santos Dumont – Revista Maritima Brazileira

julho 21, 2016
Revista Maritima Brazileira, n. 5. Novembro - 1901. Hemeroteca Digital (Fundação Biblioteca Nacional)

Revista Maritima Brazileira, n. 5. Novembro – 1901.
Hemeroteca Digital (Fundação Biblioteca Nacional)

 

A edição número 5 da “Revista Maritima Brazileira”, datada de novembro de 1901, fez uma colagem sobre Santos Dumont, reunindo figuras que vão desde a sua fotografia até o registro de um dos balões metido entre as árvores.

Em seguida à colagem, constava o seguinte texto:

Santos Dumont

A 19 de outubro do anno a findar, data que ficará memoravel na historia da navegação aerea, Santos Dumont no seu aeronave n. 6 fez em Pariz, na presença de milhares de espectadores, a experiencia de seu invento, que era ao mesmo tempo a solução do problema da direcção dos balões, posta em concurso pelo Aero-Club. Como já estava previsto e era de esperar, Santos Dumont, apezar das ridiculas mesquinharias de alguns despeitados emulos, conquistou a victoria e com ella o premio <<Deutsch>>, do qual dispoz em favor dos operarios que o auxiliaram na construcção do aparelho e dos pobres.

O proprio coronel Renard, que tanto pretendeu chamar a si as maravilhas do triumpho da navegação aerea, confessa a superioridade de Santos Dumont.

O merecido enthusiasmo que despertou em Pariz a victoria inconteste e definitiva de Santos Dumont, melhor será comprehendido pelas palavras de Gaston Jougla, no n. 43, 8° anno da Revista << La Locomotion Automobile >> : << Il n’en est pas moins vrai que M. Santos Dumont a poursuivi ses expériences avec un courage et une ténacité qui font l’admiration de tout. Cet hiver même, le jeune sportsman projette d’aller, dans son ballon, de Nice en Corse, et peut-être même de tenter la travessée de la Mediterranée jusqu’à Alger. Quelques-un de nos confrères, ont demandè pour l’audacieux aéronaute, la croix de chevalier de la Légion d’Honneur. Nous nous associons de grand coeur à cette demande, car <<l’étoile des braves >> ne saurait être attachée sur plus <<brave>> poitrine, et M. Santos Dumont, dans le champ de bataille de l’atmosphère a bien vaillement servi la cause de la Science et du Progrès.>>

Diante dos commettimentos já realizados por Santos Dumont, não será para estranhar que elle venha ainda, no seu aeronave, atravessando o Atlantico, desembarcar em pleno Rio de Janeiro, satisfazendo assim, como nos diz La Nature <<à son rêve>>, e dando à sua patria, que é tambem a nossa, o exemplo de uma grande lição.”.

Para consultar o número 5 da Revista Maritima Brazileira e conhecer mais sobre Santos Dumont, acesse: http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=008567&PagFis=7991

Outras informações sobre o aeronauta e inventor também podem ser encontradas em nossa Hemeroteca Digital: http://bndigital.bn.br/hemeroteca-digital/

‪#‎FBNnamidia‬
‪#‎bibliotecanacional‬
‪#‎fundacaobibliotecanacional‬

FBN I Homenagem – 20 de julho de 1873, nasce o inventor e aeronauta Alberto Santos Dumont

julho 20, 2016
Santos Dumont Revista da Semana, edição de 20 de setembro de 1903.

Santos Dumont
Revista da Semana, edição de 20 de setembro de 1903.

Nascido em 20 de julho de 1873, na então cidade de Santa Luzia do Rio das Velhas, hoje cidade de Santos Dumont, Alberto Santos Dumont foi um inventor e aeronauta brasileiro. Filho do engenheiro francês Henrique Dumont e de D. Francisca de Paula Santos,  foi, ainda jovem, estudar em Paris, cidade na qual teve muito contato com a literatura francesa, em especial com os romances científicos de Júlio Verne. Inspirado pelo escritor francês, manifestou, desde cedo, enorme interesse pela construção de balões, fazendo, em 18 de setembro de 1898, subir ao espaço o primeiro de uma série diversos engenhos que viria a produzir. (Fonte: Academia Brasileira de Letras)

Santos Dumont à bordo do "Blucher". Illustração Brazileira, n. 112 (1914)

Santos Dumont
à bordo do “Blucher”.
Illustração Brazileira, n. 112 (1914)

A página do facebook da Biblioteca Nacional realizará, entre os dias 20 e 23 de julho, uma série de postagens em homenagem ao “Pai da Aviação”. Para saber mais sobre Santos Dumont, suas criações e a época na qual ele viveu, consulte nossa Hemeroteca Digital: http://bndigital.bn.br/hemeroteca-digital/

‪#‎FBNnamidia‬
‪#‎bibliotecanacional‬
‪#‎fundacaobibliotecanacional‬

 

FBN I História – 12 de julho de 1901, Santos Dumont contorna a Torre Eiffel à bordo de um dirigível

julho 12, 2016
SAMSUNG CSC

Acervo Biblioteca Nacional

 

O feito foi relatado na Revista da Semana na edição de 27 de maio de 1916:

“Foi em 12 de julho de 1901 que, depois de uma série laboriosa de experiências, Santos Dumont deu a volta á Torre Eiffel num dirigível de sua invenção. O acontecimento memorável não foi, porem, reconhecido como uma solução terminante da dirigibilidade dos balões. Santos Dumont não se satisfazia em ter realisado um prodigio de acrobacia aéria. De facto, o que elle ambicionava era iniciar decisivamente a era nova da navegação nos espaços.”.

 

Leia a matéria da edição de 27 de maio de 1916 da Revista da Semana na íntegra: em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=025909_01&PagFis=24294

Acervo Biblioteca Nacional

Acervo Biblioteca Nacional

SAMSUNG CSC

Acervo Biblioteca Nacional

A Divisão de Iconografia da Biblioteca Nacional disponibiliza, para consulta, diversas imagens, gravuras e retratos relacionados à vida e à época de Santos Dumont. Para conhecer melhor a Divisão de Iconografia acesse: https://www.bn.br/explore/acervos/iconografia

 

‪#‎FBNnamidia‬
‪#‎bibliotecanacional‬
‪#‎fundacaobibliotecanacional‬