FBN | Documentos Literários: La Stella Brasiliana – Valsa de Carlos Gomes dedicada à Princesa Isabel

A Série Documentos Literários, colaboração da Divisão de Manuscritos, apresenta uma partitura de Carlos Gomes, dedicada a Isabel, princesa do Brasil.

carlos gomes

Tido como o maior compositor brasileiro do século XIX, Antônio Carlos Gomes (Campinas, 11 de julho de 1836 – Belém, 16 de setembro de 1896) era filho do regente da banda de sua cidade, na qual deu seus primeiros passos na carreira musical. Compositor de polcas, quadrilhas e modinhas desde a adolescência, era entusiasmado pelas óperas italianas, e em 1861 teve a oportunidade de levar ao palco uma de sua própria autoria: “A Noite do Castelo”, que o tornou muito querido na Corte e atraiu a atenção de D. Pedro II.

Patrocinado pelo imperador, o compositor partiu para a Itália, onde estudou no Conservatório de Milão e escreveu sua ópera mais conhecida, “O Guarani”. Baseada no livro de José de Alencar, a ópera estreou em 1870, tanto na Itália como, meses depois, no Brasil. Na mesma década escreveu “Fosca”, “Salvator Rosa” e “Maria Tudor”.

Em 1888, Carlos Gomes compôs a ópera “O Escravo” (Lo Schiavo), que retoma o tema de “O Guarani” – a história se passa no século XVI e o escravo retratado não é africano, e sim um indígena. A ópera teve dificuldades para estrear na Itália, devido a problemas financeiros e desavenças quanto ao libreto. Ao saber disso, a Princesa Isabel abriu uma subscrição para arrecadar fundos a fim de que “O Escravo” viesse para o Brasil, onde a ópera acabou por ser apresentada em setembro de 1889.

carlos gomes partitura

Carlos Gomes ainda escreveria duas óperas, “Condor” e “Colombo”. Seus últimos anos foram, contudo, marcados pela doença e por várias decepções, inclusive a de, após a proclamação da República, ver partir para o exílio seus protetores e amigos, D. Pedro II e a Princesa Isabel.

A partitura que apresentamos, da valsa para pianoforte “La Stella Brasiliana”, foi escrita em 1867, quando Carlos Gomes residia em Milão. Foi dedicada à Princesa Hereditária do Brasil e Condessa d´Eu. O original se encontra na Divisão de Música e pode ser consultado pelo link da BN Digital.

Ouça um trecho do arquivo sonoro da ópera “O Guarani”, também da Divisão de Música.

Veja a litogravura datada de 1880, pertencente à Divisão de Iconografia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: