FBN | 25 de agosto de 1961: Jânio Quadros renuncia à presidência

O presidente Jânio Quadros renunciou o cargo de presidente da República após sete meses de governo, pegando de surpresa todo o Brasil, no dia 25 de agosto de 1961. Uma expressão ficou popular no país por conta de uma referência feita pelo famoso Repórter Esso, da qual Jânio Quadros não utilizou: “forças ocultas”. Jânio teria dito que a imposição de “forças ocultas” o teria feito renunciar, mas ele não revelou que “forças” eram essas.
No dia seguinte, o jornal Diario de Noticias estampou em sua capa seguinte matéria:
“Renúncia de Jânio emociona o país
A Carta-Renúncia
Foi a seguinte a carta-renúncia que o sr. Jânio Quadros enviou ao Congresso Nacional e ao País:
Nesta data, e por êste instrumento, deixando com o ministro da Justiça as razões do meu ato, renuncio ao mandato de presidente da República.
Fui vencido pela reação e, assim, deixo o govêrno. Nestes seis meses, cumpri o meu dever. Tenho-o cumprido, dia e noite, trabalhando infatigàvelmente, sem prevenções, sem rancores. Mas, baldaram-se os meus esforços para conduzir esta Nação pelo caminho da sua verdadeira libertação política e econômica, o único que possibilitará o progresso efetivo e a justiça social, a que tem direito seu generoso povo. (…)”
janio

Diario de Noticias. Ano 1961\Edição 11898. [Acervo Hemeroteca Digital]

Leia a matéria e carta completa, acessando: http://memoria.bn.br/docreader/093718_04/16140
#FBNnamidia #bibliotecanacional #fundacaobibliotecanacional

Tags: , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: