Posts Tagged ‘Acervo Digital’

FBN | 12 de dezembro de 1877 – morre José de Alencar

dezembro 12, 2016

jose-de-alencar

 

No dia 12 de dezembro de 1877 faleceu José de Alencar, um dos mais conhecidos escritores brasileiros do século XIX, considerado como fundador do romance de temática nacional.

Nascido a 1 de maio de 1829 em Messejana (CE), Alencar era filho ilegítimo do padre José Martiniano Pereira de Alencar, que mais tarde se tornaria senador. Formou-se em Direito e, desde cedo, começou a colaborar com jornais como O Diário do Rio de Janeiro e O Correio Mercantil, no qual, em 1854, estreou como folhetinista. Seus primeiros romances – Cinco Minutos (1856), A Viuvinha (1857) e o Guarani (1857) foram publicados primeiramente em jornais, como era comum na época.

 

marquez

 

O Guarani foi o livro que concedeu notoriedade a José de Alencar. Ele escreveria mais dois com temática indigenista: Iracema (1865) e Ubirajara (1874). Também produziu outros com temática urbana, como Senhora (1875), regionalista (O Gaúcho, 1870; O Sertanejo, 1875) e histórica (As Minas de Prata, 1865-66; Guerra dos Mascates, 1873). Além disso, escreveu peças teatrais. A par da carreira literária, teve também atuação política, sempre ligado ao Partido Conservador.

Ao contrário de Machado de Assis, cuja obra resistiu à ação do tempo devido à sua aguda observação da natureza humana e crítica de costumes, José de Alencar é considerado por alguns estudiosos um autor datado. Seus livros, entretanto, crescem em valor por terem procurado representar o Brasil em seus diversos aspectos e valorizar, ainda que romanticamente, a figura do índio e do homem comum, habitante de regiões distantes da capital.

 

joseph

 

A BN Digital disponibiliza o Catálogo da Exposição Comemorativa do Centenário da Morte de José de Alencar, que teve lugar em 1977 na Biblioteca Nacional. E nós fazemos duas perguntas: você já leu um romance de Alencar? Qual é o seu favorito?

Acesse o catálogo da exposição em: http://bit.ly/2hlOZHo

Acesse, também, o livro “Marquez de Caxias”, escrito pelo autor: http://bit.ly/2hEZCUJ
Pesquise sobre José de Alencar na BNDigital através do link bndigital.bn.br/acervodigital/

#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional
#fbnnamidia

 

FBN | 5 de dezembro de 1791 – morre Wolfgang Amadeus Mozart

dezembro 5, 2016

mozi

Batizado como Joannes Chrysostomus Wolfgangus Theophilus Mozart, o austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) é considerado, até os dias atuais, um dos grandes músicos da História. Compositor do período clássico, foi autor de mais 600 obras, entre as quais se encontram missas, concertos, peças de câmara e piano solo, sinfonias, serenatas e óperas.

Em homenagem ao aniversário de morte do compositor austríaco, a Biblioteca Nacional disponibiliza, para consulta e download, o catálogo da “Exposição Comemorativa do 2° Centenário do Nascimento de W. A. Mozart”, disponível em: http://bit.ly/2gJBeRl

Conheça mais sobre Mozart explorando a BNDigital, em: http://bndigital.bn.gov.br/acervodigital/

#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional
#fbnnamidia

FBN | 23 de novembro de 1891 – Deodoro da Fonseca renuncia à presidência da República

novembro 23, 2016

deodoro

Em 24 de novembro de 1891, o jornal “O Paiz” publicou a seguinte notícia:

“A CRISE POLITICA

A Republica e a Legalidade estão salvas!
A honra do povo brazileiro está illesa!
O honrado marechal Deodoro, libertando-se á ultima hora da fatal influencia dos conselhos que qujasi o arrastaram ao abysmo da execração publica, ouvindo apenas a voz do seu coração e obedecendo ás suggestões do mais alevantado patriotismo, resignou nobremente o seu cargo, transferindo o poder ao seu successor legal, o Sr. marechal Floriano Peixoto, digno vice-presidente da Republica”.

Para ler a matéria na íntegra, acesse: http://memoria.bn.br/DocReader/178691_02/4266

Explore a Hemeroteca Digital em: http://bndigital.bn.gov.br/hemeroteca-digital/

#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional
#fbnnamidia

FBN | Série Passado Musical – “Flôr de Maracujá” de Henrique Vogeler (anterior a 1929).

novembro 21, 2016

vogeler

 

A Biblioteca Nacional disponibiliza, para consulta e download, a canção “Flôr de Maracujá”, do compositor Henrique Vogeler. O pianista, filho de pai alemão naturalizado brasileiro, teve grande participação no teatro musicado, contribuindo intensamente com a música popular brasileira dos anos 1920 aos anos 1940.

“Flôr de Maracujá” – Henrique Vogeler.

Gravadora: [S.l.] : Odeon.

Intérprete: Rio Dance Orchestra

Ritmo: Maxixe

Acesse a gravação original completa: http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_musica/pas_mus/1047365.mp3

#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional
#fbnnamidia

FBN | 14 de novembro de 1921 – morre Isabel de Bragança Bourbon e Orleans, a princesa d. Isabel

novembro 14, 2016
isabel

Acervo FBN

 

Nascida em 29 de julho de 1846, no Palácio de São Cristóvão, Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança Bourbon e Orleans, filha do imperador d. Pedro II e da imperatriz d. Teresa Cristina, tornou-se herdeira do trono após a morte de seus irmãos d. Afonso, em 1847, e Pedro Afonso, em 1850. Entre suas realizações mais conhecidas estão a sanção da lei do Ventre-Livre, em 28 de setembro de 1871, que declarava livres todos os filhos de escravos nascidos a partir daquela data, e a assinatura da Lei Áurea, em 13 de maio de 1888, segundo a qual “ficavam libertos todos os escravos do Brasil”. (fonte: http://www.museuimperial.gov.br)

Joaquim Insley Pacheco. Isabel, Princesa do Brasil : retrato / Acervo FBN

Joaquim Insley Pacheco. Isabel, Princesa do Brasil : retrato / Acervo FBN

 

Para ter acesso a fotos e documentos referentes à princesa d. Isabel e ao Brasil Imperial, consulte a BNDigital em: http://bndigital.bn.br/acervodigital/

‪#‎FBNnamidia‬
‪#‎bibliotecanacional‬
‪#‎fundacaobibliotecanacional‬

FBN | 3 de novembro de 1930: Getúlio Vargas torna-se chefe do governo provisório no Brasil

novembro 3, 2016
Diario de Noticias 03/11/1930.

Diario de Noticias
04/11/1930.

Conforme informou a primeira capa do jornal Diario de Notícias:

“A Junta Provisoria empossou hontem o dr. Getulio Vargas no cargo de chefe do governo da Republica

(…)

A posse do sr. Getulio Vargas, como chefe do governo brasileiro, revestiu-se de um caracter eminentemente popular. Foi um acto tocante de simplicidade, em que o povo collaborou não só com a sua presença, mas tambem com os seus applausos, interrompendo, por vezes, o discurso de s. ex. com um “apoiado”, ou um “muito bem”, como soberano que é o julgamento dos homens guindados ao poder pelo seu discurso poderoso”.

Para ler a matéria na íntegra, acesse:

http://memoria.bn.br/docreader/093718_01/2273

Outras edições do Diario de Notícias podem ser encontradas na Hemeroteca Digital, em:

http://bndigital.bn.br/hemeroteca-digital/

#FBNnamidia
#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional

FBN | Semana Nacional do Livro e da Biblioteca – A Luneta Mágica

outubro 24, 2016

luneta-magica

Instituída pelo Decreto n° 84.631, de 09/04/80, a Semana Nacional do Livro começou no dia 23/10 e prossegue até o dia 29 deste mês. O objetivo da data é o de incentivar a leitura e a construção do conhecimento através da difusão do livro, da informação e do acesso a diversas formas de manifestações artísticas e culturais. Além disso, a comemoração visa, também, divulgar a profissão do bibliotecário e possibilitar a atualização e  o desenvolvimento deste profissional.

Em homenagem à Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, a Biblioteca Nacional compartilha, para consulta e download, o livro “A Luneta Mágica”, de Joaquim Manuel de Macedo. Nesta história, Simplício, um jovem rapaz com problemas de visão, consegue, por meio de um armênio, uma luneta encantada, com a qual passa a enxergar perfeitamente. Há, todavia, um aviso, que restringe o uso da luneta até 3 minutos. Poderia o jovem resistir à curiosidade?

O livro pode ser acessado em: http://objdigital.bn.br/Acervo_Digital/livros_eletronicos/luneta_magica.pdf

E você, prezado leitor? O que gostaria de enxergar com a Luneta Mágica?

Pesquise mais sobre Joaquim Manuel de Macedo em: http://bndigital.bn.br/acervodigital/

#FBNnamidia
#bibliotecanacional
#fundacaobibliotecanacional